Novidades

Técnicos da Seduc participam da semana pedagógica de oito municípios

 
 
Imagem de Professor Uermes Siqueira Campos
Técnicos da Seduc participam da semana pedagógica de oito municípios
por Professor Uermes Siqueira Campos - segunda, 21 Jan 2019, 22:47
 

Um grupo de 10 técnicos da Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc) iniciam a partir de segunda-feira (21), um trabalho em regime de colaboração com oito municípios, participando da semana pedagógica das respectivas redes municipais de ensino.

Juntamente com mais quatro técnicos (três de Várzea Grande e um de Cuiabá), os técnicos da Seduc irão dar continuidade na implementação da Base Nacional Comum Curricular (BNCC).

O primeiro município a ser atendido será Lucas do Rio Verde (a 345 quilômetros ao norte da Capital) entre os dias 21 e 23 de janeiro. Também participam desse trabalho as redes municipais de ensino de Várzea Grande, Nova Mutum (a 264 quilômetros ao norte), Jauru (a 425 quilômetros a oeste), Alto Taquari (a 479 quilômetros ao sul), Sapezal (480 quilômetros a noroeste), Poxoréu (a 251 quilômetros ao sul) e Canarana (823 quilômetros a leste).

Segundo a coordenadora estadual da BNCC, Irene Costa, esse trabalho de colaboração é a continuidade da implementação da BNCC. Ela explica que este ano o documento de referência curricular para Mato Grosso (para as etapas de educação infantil e ensino fundamental), que foi homologado em dezembro de 2018, estará voltado para o processo de implementação do currículo nas redes de ensino.

Ela ressalta que os técnicos da Seduc, que estão realizando curso de formação na semana pedagógica desses municípios, são os mesmos que participaram da elaboração do documento curricular cujo foco é o encaminhado da implementação curricular com a ressignificação do Projeto Político Pedagógico (PPP) da escola.

“Para que esse trabalho seja desenvolvido, é importante o fortalecimento do regime de colaboração entre a Seduc e a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime)”, destaca Irene Costa. 

Irene frisa que o regime de colaboração robustece os municípios que não precisam contratar uma assessoria externa para trabalhar o documento de referência curricular.

304 palavras